MENU

accessible_forward Acessibilidade
19 de janeiro de 2024 Fundação de Saúde

Índice larvário mantém Rio Claro em alerta para a dengue

Análise trimestral de janeiro apontou índice de 1,83.

Rio Claro concluiu nesta sexta-feira (19) levantamento trimestral para avaliar a densidade larvária no município em relação ao mosquito transmissor da dengue. A análise de densidade larvária (ADL) realizada pela Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro teve resultado de 1,83, índice que aponta situação de alerta para a doença de acordo com a classificação da Organização Mundial de Saúde (OMS).  No levantamento anterior, realizado em outubro, o índice foi de 1,42.

Para a análise, os agentes do CCZ vistoriaram 2.490 residências, coletando amostras de larvas.

Em Rio Claro, os trabalhos preventivos ao Aedes aegypti são ininterruptos. As ações incluem visitas realizadas nas residências diariamente e retirada de criadouros. “É importante que a população também esteja engajada na eliminação dos criadouros, que é a principal medida preventiva”, observa Valdirene Bordin, que coordena o setor de combate a endemias.

A Vigilância Epidemiológica divulgou nesta sexta-feira número de casos de dengue no município. Neste ano são oito casos. O município registrou 700 casos da doença em 2023.

Skip to content