MENU

accessible_forward Acessibilidade
28 de março de 2011 Fundo Social de Solidariedade

Rio Claro organiza arrecadação de alimentos

Rio Claro está organizando grande campanha de arrecadação de alimentos para serem distribuídos às entidades assistenciais do município. A campanha, desenvolvida numa parceria do Fundo Social de Solidariedade e Tiro de Guerra, será realizada no período de 4 a 30 de abril.

Os 100 atiradores do Tiro de Guerra local visitarão comerciantes e moradores em busca de doações para a campanha. “Nossos atiradores farão um mutirão casa a casa, sempre uniformizados, mas o morador que eventualmente não for visitado e quiser fazer doação pode entregar o alimento em nossa sede ou nos telefonar”, afirma o sargento Walton Avilar Ferreira. Conforme lembra o 1º Sargento Agnaldo José Heleodoro de Arruda, a participação dos atiradores é mais uma atividade de envolvimento diário com a comunidade.

Está programada uma arrecadação em supermercados para o dia 9 de abril. Os clientes desses supermercados serão informados sobre a campanha na entrada do estabelecimento e convidados a fazer uma doação.

“Qualquer quantidade doada terá um sentido humanitário muito grande”, diz Rosana Pinhatti Altimari, presidente do Fundo Social de Solidariedade. “O importante é participar e ser solidário; cada um doa o que estiver ao seu alcance”, ressalta.

Rosana tem expectativa bastante positiva para a campanha deste ano. “Sabemos que a população participa e, por isso, acreditamos que chegaremos ao final de abril estabelecendo uma grande arrecadação de alimentos, beneficiando centenas de famílias que realmente precisam dessa ajuda”, afirmou.

Os alimentos arrecadados serão distribuídos às entidades sociais de atendimento às famílias carentes. Por questões de estocagem, só serão aceitos alimentos não perecíveis, entre os quais arroz, feijão, óleo, açúcar, café, macarrão, biscoito, farinha de trigo, leite em pó ou em caixinha.

Quem for colaborar com a campanha tem também a alternativa de ligar para o Fundo Social no telefone 3526-7171 ou Tiro de Guerra, no 3524-4323, para que o Fundo Social ou o TG providenciem a retirada do material.

Skip to content