MENU

accessible_forward Acessibilidade
18 de junho de 2012 Fundo Social de Solidariedade

Rio Claro terá curso de Padaria Artesanal

O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro recebeu, através de convênio, três kits do Programa Padaria Artesanal do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. Cada kit recebido inclui forno a gás para padaria, mesa em aço inox, liquidificador em aço inox, assadeira para pão de forma, assadeira retangular e assadeira para rosca.

O programa ensina, na teoria, a elaboração de pães através de processos caseiros sem a utilização de equipamentos especiais ou conservantes e depois coloca o aprendizado em prática, na confecção de pães. Um dos objetivos das aulas é salientar as noções básicas de higiene na manipulação de alimento e promover hábitos alimentares saudáveis na vida pessoal e na comunidade. “O curso também visa profissionalizar para a geração de renda e ensinar que o trabalho em equipe amplia a possibilidade de atingir o sucesso”, afirma a presidente do Fundo Social Rosana Pinhatti Altimari.

Rio Claro tem como meta o atendimento de, no mínimo, 10 pessoas em situação de vulnerabilidade social a cada mês por local de implantação. Ao final de 180 dias terão sido atendidas 60 pessoas por local de implantação do Projeto Padaria Artesanal no município.

Os kits encontram-se nas unidades do Centro de Qualificação Profissional da Avenida Visconde do Rio Claro, do Panorama e no Centro Social Esportivo Claretiano Terra Nova, onde acontecerão os cursos.

Para se inscrever os interessados devem procurar as unidades onde o curso será realizado, munidos de xerox de RG, CPF e comprovante de residência. Mais informações pelo telefone 3524-2582.

Os insumos para a realização das aulas serão fornecidos pelo Fundo Social de Rio Claro.

Núcleo da Avenida Visconde do Rio Claro, 150 – Centro

Núcleo do Panorama – Rua 27 com Avenida 50 (Quadra Poliesportiva)

Centro Social Esportivo Claretiano Terra Nova  – Avenida 1, 860

O programa

O “Padaria Artesanal” foi idealizado pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP) com o objetivo de proporcionar a inclusão social e dar oportunidades no mercado de trabalho à população de baixa renda. O projeto tem como alvo a capacitação profissional, habilitando um grande contingente de pessoas para o trabalho autônomo ou vinculado a empresas e cooperativas, buscando a geração de renda e melhoria da qualidade de vida, bem como a promoção da autonomia, socialização, trabalho em equipe e autovalorização do indivíduo.

Em Rio Claro, estará sendo realizado através do Centro Público de Qualificação Profissional, Inclusão digital e Produtiva e tem como gestora a  psicóloga  Aparecida Lizete Segatto, assessora especial do Fundo Social.

Pular para o conteúdo