MENU

accessible_forward Acessibilidade
20 de maio de 2011 Sem categoria

Rio Claro terá mais de R$ 2 milhões para Praça dos Esportes e da Cultura

Em ato realizado na quinta-feira, 19, em Brasília, a prefeitura de Rio Claro recebeu a confirmação oficial de que o município está contemplado no programa “Praças dos Esportes e da Cultura”, identificado pela sigla PEC. A obra será implantada na região do bairro Mãe Preta, com recursos no montante de R$ 2.020.000,00 a serem repassados pelo governo federal.

O programa, que tem a participação de cinco ministérios – Planejamento, Desenvolvimento Social, Esporte, Cultura e Trabalho e Renda – recebeu diversas propostas dos municípios brasileiros, dentro das obras previstas na segunda edição do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Houve, então, uma pré-análise desses projetos e Rio Claro passou por essa filtragem, credenciando-se a ter uma unidade das PECs, explicou a prefeita em exercício, Olga Salomão, que esteve no lançamento do “Manual de Contratação das Praças dos Esportes e da Cultura”, ocasião em que foram anunciados os projetos selecionados.

A solenidade em Brasília teve a presença da ministra do Planejamento Miriam Belchior, com quem Olga já se encontrara, dias antes, tratando do encaminhamento desse e outros assuntos pertinentes ao município . “Agora, já com a obra e os recursos assegurados, vamos enviar toda a documentação à Caixa Econômica Federal e aguardar a liberação da instituição financeira para darmos prosseguimento ao projeto”, informou a prefeita em exercício.

A PEC de Rio Claro terá 3.000 metros quadrados e estará apta a disponibilizar atendimento diversificado para a população, na perspectiva de suprir demandas sociais em áreas de reconhecida vulnerabilidade. Os múltiplos espaços prestam-se às atividades culturais, práticas esportivas e de lazer, programas de formação e qualificação para o mercado de trabalho, inclusão digital e ao desenvolvimento de ações de prevenção à violência.

“Simplificando, as Praças dos Esportes e da Cultura são uma demonstração de que o país se afastou, definitivamente, da retórica, do discurso vazio, para garantir pela via das políticas públicas o direito elementar dos brasileiros à plena cidadania”, resume Olga. “Nossa administração sempre enfatizou o acolhimento das pessoas e isso só ocorre quando a prática expressa o discurso e está apoiada firmemente na redução das desigualdades, no combate à miséria, no respeito à diversidade que se constrói, sobretudo, com educação”, acrescenta o prefeito Du Altimari.

Pular para o conteúdo